1o Hub de Inovação FoodTech

Faz quanto tempo que a gente come de garfo e faca? 

Embora só tenham ficado populares no século 17, os utensílios para nos ajudar a comer remontam milhares de anos.  
E por quanto tempo plantamos nossos alimentos com as mesmas técnicas desenvolvidas por povos muito anteriores a nós? 

Ficou interessado no assunto? Quer saber mais? Então, continue lendo o post de hoje para entender o que é foodtech e qual a sua importância!

O que mudou de fato na forma que comemos nos últimos 100 anos?

A forma como produzimos alimentos – e consequentemente como nos alimentamos -se desenvolveu muito pouco no decorrer dos séculos
enquanto outras áreas tiveram  uma transformação muito mais significativa: é só olhar para o transporte, para o consumo, para os 
esportes, para a música. Mas graças aos avanços da tecnologia, esse cenário mudou. Ou melhor, está mudando..

Quais os desafios da cadeia de alimentos atual?

Queremos ajudar a construir o futuro da comida e acreditamos que as inovações nesse setor precisam de uma disrupção. Isso pode ocorrer através das Foodtechs.
Com o desafio de alimentar 10 bilhões de pessoas até 2050, a produção de alimentos terá que aumentar 70% para atender a uma crescente 
demanda global, afirma a FAO. 
Como vamos fazer isso é a pergunta que queremos ajudar as empresas, as universidades e os empreendedores a responder. 

O que é FoodTech?

A tecnologia é a principal aliada para melhorar a nossa produção de alimentos – da produção no campo aos canais de distribuição. 
O objetivo é promover a inovação alimentar de forma disruptiva, ou seja, criar mercados e descobrir outras categorias aproveitando
novas tecnologias, novos modelos de negócios e explorar técnicas antigas de outras maneiras.  
Startups desenvolvem estratégias de inovação alimentar de uma maneira muito diferente das empresas tradicionais, também cada vez mais interessadas nessas inovações. 
Por isso, queremos: 
– ajudar startups a pensar no futuro da alimentação;  
-ajudar as empresas a conhecerem o trabalho de empreendedores disruptivos;  
– ajudar investidores a aplicar seus recursos em potenciais projetos que possam de fato modificar o mercado.

Como assim disrupção?

disrupção acontece quando o alimento é analisado desde o momento em que ele sai da fazenda e chega até o consumidor
uma transformação completaO propósito é desenvolver  uma cadeia, no qual a tecnologia possa ser uma aliada para que as pessoas mudem a percepção sobre a alimentação. 
 
Já existem dezenas de iniciativas interessantes nesse sentido e o mercado (em franco desenvolvimento) testemunha diariamente 
nascimento de muitas outras que podem, de fato, transformar a forma como comemos.  
 

Nossa missão?

O intuito é desenvolver uma cadeia na qual a tecnologia possa ser uma aliada para que as pessoas mudem a percepção sobre a alimentação.

Já existem dezenas de iniciativas interessantes nesse sentido e o mercado testemunha diariamente o nascimento de muitas outras que podem, de fato, transformar a forma como comemos.

Essa é a missão da Food Ventures: ajudar startups, empresas e investidores a inovar o ingrediente e seu consumo, mudando efetivamente o ecossistema da alimentação – uma revolução que está acontecendo agora, no seu prato.

E aí, você já tinha ouvido falar da Food Ventures? Quer acompanhar o assunto? Então, não deixe de acompanhar o nosso blog para ter acesso às  novidades em primeira mão!


 

Menu do dia – 18/12

Aproveite nossa coleção diária de novidades e tendências fresquinhas. Organizamos diariamente uma seção para que você fique por dentro da revolução que vai chegar (ou já chegou) a sua mesa!

Leia mais

Menu do dia – 15/12

Aproveite nossa coleção diária de novidades e tendências fresquinhas. Organizamos diariamente uma seção para que você fique por dentro da revolução que vai chegar (ou já chegou) a sua mesa!

Leia mais

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.