Empresas que combatem o desperdício de alimentos de maneiras inovadoras


Extra Information

Por Letícia Fernandes

 

De sucos feitos com melancias que seriam descartadas (Wtrmln Wtr) a uma farinha feita a partir do subproduto da produção de tofu e leite de soja (Renewal Mill), o site Fast Company nos leva a uma extensa lista de novas e inovadoras empresas que combatem o desperdício de alimentos ao criarem novos produtos com o que seria desperdiçado.

A ReFed é uma organização que rastreia o desperdício de alimentos nas indústrias. Ela, juntamente ao site Fast Company, conseguiram listar pelo menos 20 startups que trabalham com alimentos que seriam desperdiçados. A ReFed tem uma lista de até 70 negócios, que vão desde empresas a organizações sem fins lucrativos.

Em alguns casos, as empresas entenderam que faria mais sentido criar novos ingredientes (a partir dos alimentos desperdiçados) e vender para outros fabricantes, do que inventar um novo produto do zero. As startups que se inserem nesse nicho geralmente focam no desperdício de alimentos em fazendas ou fábricas de processamento de alimentos mas, de qualquer maneira, todas essas empresas têm chance de chegarem aos mainstream, como as citadas acima.

Algumas empresas citadas na matéria do Fast Company são “velhas conhecidas” de quem acompanha as matérias da Food Ventures. É o caso da Barnana, empresa de snacks fundada em 2012 que vende aperitivos feitos a partir de bananas desidratadas que provavelmente apodreceriam nas plantações por conta de suas imperfeições ou “machucados”. Agora a Barnana tem um negócio milionário e ainda ajudou a resgatar cerca de 20 milhões de bananas até a presente data.

Outra startup citada é a Regrained. Quando o grão é transformado em cerveja, o processo de fermentação tira o açúcar, deixando a proteína, as fibras e os micronutrientes que a empresa usa para fabricar sua farinha chamada de “SuperGrain+”. A partir desta farinha, barrinhas de cereal são feitas e vendidas sob o nome da Regrained, mas a empresa também vende a farinha para outros produtores que possam se interessar.

Quer saber mais sobre as empresas que utilizam alimentos desperdiçados e transformam em novos produtos? Fique ligado em nossos Menus do Dia e veja mais sobre as outras startups citadas na matéria do site Fast Company.

 

Gostaria de se aprofundar nos assuntos? Abaixo disponibilizamos links para leitura complementar!

Estamos sempre buscando tendências sobre a revolução na cadeia de alimentos. Conhece alguma? Quer saber mais? Entre em contato.