O popular e inovador chocolate cor-de-rosa da Barry Callebaut chega ao Brasil


Extra Information

Por Letícia Fernandes

 

Aproveitando o gancho de ontem, vamos falar mais sobre doces! A conceituada marca de chocolates belga, Barry Callebaut, é referência em sua categoria no que diz respeito à inovação nos doces.

Tamanho é o seu impacto na indústria, um dos produtos da Barry Callebaut foi  impedido de ser vendido como chocolate pela agência regulatória americana (FDA) por não conter licor de chocolate na composição.

Fonte: Divulgação

Na regulamentação norte americana há especificações sobre chocolate branco, chocolate ao leite, chocolate amargo, etc, mas nenhuma se encaixa com o chocolate cor-de-rosa Rubi.

Após dez anos de pesquisas, o Rubi gerou uma nova categoria de chocolates por seu aspecto sem corante, sem aromatizantes, com três tipos diferentes de cacau, frutas vermelhas e mais alguns ingredientes ultrassecretos.

O maior público alvo do Rubi é a geração millenium. Um chocolate com visual e sabor únicos, uma história de rebeldia e vanguardismo por trás, além de mentes brilhantes que podem tornar toda a qualidade dos chocolates da Callebout em deliciosas sobremesas.

Para Arnor Porto, do restaurante Cantaloup, o chocolate rubi combinado com morangos e vinho do Porto seria a opção ideal. Já para Caio Corrêa, outro chef-embaixador da Callebaut, um bombom recheado com creme de chocolate rubi e cumaru (semente aromática da Amazônia), além de geleia de framboesa.

No Brasil, onde o chocolate está de acordo com a legislação, a marca pretende iniciar este ano sua inserção no mercado. Aqui, a legislação pede uma porcentagem mínima de 25% de cacau.

 

Fonte: Folha UOL

 

 

Gostaria de se aprofundar nos assuntos? Abaixo disponibilizamos links para leitura complementar!

Estamos sempre buscando tendências sobre a revolução na cadeia de alimentos. Conhece alguma? Quer saber mais? Entre em contato.