Que tal um chocolate 70% cacau e 40% menos açúcar?


Extra Information

Por Letícia Fernandes

 

E por falar em Nestlé… na filial do Japão, mais especificamente sob o nome da KitKat Chocolatory, um novo experimento vem sendo testado – utilizar a poupa do cacau como adoçante natural.

A substituição do açúcar refinado pela polpa do cacau é o começo da exploração de novas possibilidades na redução de desperdício de alimentos também, pois tenta usar todas as potencialidades da fruta.

O uso de ingredientes não-convencionais na criação de novos produtos é uma área de inovação em desenvolvimento que pode gerar movimentação na economia.

A nova fórmula do KitKat utiliza as sementes de cacau e sua polpa como únicos ingredientes – com a polpa sendo a principal fonte de açúcar para o chocolate. Segundo representante da empresa suíça, o novo KitKat tem 40% menos açúcar se comparado a outros chocolates 70% presentes no mercado.

Além disso, a polpa do cacau é tida como fonte de fibras, vitamina E, vitamina D, vitamina B, magnésio, polifenol e flavonoides. A redução do açúcar, no entanto, não é o foco principal da Nestlé.

Pela primeira vez a empresa está conseguindo extrair todo o potencial da fruta do cacau para fazer seu chocolate. Através dessas inovações, a Nestlé acredita que pode alavancar seu conhecimento científico e experiências a fim de reimaginar o futuro dos alimentos.

“A Nestlé pretende ser uma força positiva na mudança para alimentos mais saudáveis e sustentáveis para todos, alinhada com o propósito de aumentar a qualidade de vida e contribuir para um futuro mais saudável. Isso inclui desenvolver uma ciência ousada para a nutrição, transformar nossos recursos eficientemente, proteger a qualidade da comida e eliminar o desperdício.”

 

Fonte: Food Navigator