Rede KFC testa “frango vegano” da Beyond Meat em seu cardápio


Extra Information

Por Letícia Fernandes

 

Podemos adicionar mais um nome à crescente lista de QSRs (Quick-Service and Fast Casual Restaurant), ou seja, redes de lanchonetes que chamamos comumente por fast food, oferecendo opções plant-based em seu menu.

A rede KFC, conhecida por seus baldes de frango frito, anunciou que testaria nuggets e asinhas de “frango” produzidos pela Beyond Meat, um dos maiores nomes do setor plant-based na atualidade. Como já sabemos.

De acordo com o site Restaurant Business Online, o teste promovido pela KFC é para determinar se a avidez por alimentos de origem vegetal é direcionada também para outros produtos além de hambúrgueres e salsichas.

O teste foi feito ontem (27/08) em Atlanta, Georgia e, surpreendentemente, teve fila virando o quarteirão. Atlanta é conhecida por ser a cidade natal de outra rede de lanchonetes especializada em frangos, a Chick-fil-A, que, aparentemente, também está desenvolvendo seus próprios produtos de origem plant-based, ainda que nenhum detalhe tenha sido discutido, como data de lançamento ou menus.

A Chick-fil-A, assim como outras redes, terão que pensar rápido se quiserem acompanhar o ritmo do mercado. A KFC já deu o primeiro passo e garantiu que é difícil notar a diferença entre frango e frango fake, sua propaganda diz “ainda é saboroso o suficiente para lamber os dedos”.

A KFC disse que consideraria lançar o produto nacionalmente caso o teste em Atlanta fosse bem sucedido, então, pelo que parece, podemos esperar mesmo por essa expansão. Em maio deste ano, a rede anunciou que estava considerando um produto plant-based mas estava esperando entender os benefícios a longo termo de ter esse produto adicionado ao seu menu.

Outras grandes redes como Del Taco, White Castle, Dunkin’ Donuts e Burger King adicionaram itens plant-based em seus cardápios, muitos deles em nível nacional.

 

Fonte: The Spoon e Engadget.

 

 

Gostaria de se aprofundar nos assuntos? Abaixo disponibilizamos links para leitura complementar!

Estamos sempre buscando tendências sobre a revolução na cadeia de alimentos. Conhece alguma? Quer saber mais? Entre em contato.