Soul Brasil Cuisine e o sucesso dos produtos orgânicos brasileiros


Extra Information

Por Letícia Fernandes

 

A Soul Brasil Cuisine nasceu em 2018 com o intuito de mostrar a biodiversidade brasileira, utilizando-se de ingredientes como açaí, manga ubá, cumaru e pimenta Jiquitaia Baniwa, cultivada por mulheres de tribos indígenas do Amazonas. (Olha o povo do Norte aí de novo!)

“Você vai para Paris e nunca vê um condimento brasileiro, mas acha da Índia, da Tailândia, de Bangladesh, do Peru, dentre tantos outros países. O Brasil especializou-se em exportar commodities e, raras exceções, pão de queijo, Havaianas e cachaça. Quando você procura geleia e molhos, não encontra nada”, conta Leticia Fedderson, CEO da Soul Brasil Cuisine, ao site Prazerices.

Antes de criar a empresa, Leticia dava consultoria para empreendedores que chegavam à Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). A partir de suas observações, elaborou produtos orgânicos e veganos, como geleias, vinagres e molhos de pimenta… tudo à base de ingredientes 100% brasileiros.

Além de seguir a trend dos produtos saudáveis e orgânicos, a Soul Brasil também se preocupa em difundir a cultura brasileira, ressaltando a biodiversidade, sabores e as questões culturais e sociais. Uma maneira que encontraram para fazer isso foi criando rótulos inspirados no modernismo brasileiro para seus produtos.

Além disso, o uso das pimentas Jiquitaia Baniwa, da tribo Baniwa, ajuda a promover a importância desse povo – que recebe assistência já do Instituto ATÁ (do chef Alex Atala) e do ISA – Instituto Socioambiental.

E por falar em chef, a chef Tanea Romão, especializada em geleias e condimentos, foi convidada por Letícia e seu marido para juntar-se ao conceito da Soul Brasil Cuisine. Peter, marido de Letícia, ficou responsável pelas criações, texturas, sabores e harmonizações. Para finalizar, um engenheiro de alimentos também prestou consultoria para que tudo saísse perfeito.

A estreia da empresa foi na Bio Brazil Fair 2018, Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia que é considerada a maior da América Latina e, na edição passada, atraiu 41 mil pessoas, a maioria composta por compradores.

 

Gostaria de se aprofundar nos assuntos? Abaixo disponibilizamos links para leitura complementar!

Estamos sempre buscando tendências sobre a revolução na cadeia de alimentos. Conhece alguma? Quer saber mais? Entre em contato.