A Ford está transformando resto de café do McDonald’s em faróis de carro

Em uma parceria inédita e inovadora, Ford e McDonald’s estão tornando glumas* do café em partes de carro

*Glumas, segundo o dicionário Oxford, são bainhas estéreis, externas, basais e membranosas presentes nas sementes das plantas pertencentes às famílias das gramíneas e das ciperáceas. Ou, um tipo de pele que sai do grão quando este é tostado.

Essas “peles” estão sendo usadas como parte da carcaça plástica que reveste a lanterna de alguns carros. Assim que o time da Ford descobriu que essa ação era possível, entraram em contato com o McDonald’s, pois a rede de lanchonetes tem uma escala e fama imprescindíveis.

Além disso, assim como a Ford, o McDonald’s tem grandes objetivos de incorporar materiais e produtos renováveis- recicláveis- sustentáveis em sua linha de produção.

A companhia de automóveis decidiu trabalhar com glumas há algum tempo atrás, mas tem experimentado com materiais orgânicos por mais de uma década – como espuma feita a base de soja em seus amortecedores.

Do mesmo modo que o McDonald’s, a Ford tem objetivos a alcançar quando o assunto é sustentabilidade. Além das espumas de soja, utilizam restos de coco, tomate, trigo e outras plantas e vegetais para fabricar peças de seus automóveis.

Recentemente, a rede McDonald’s atingiu um de seus objetivos ao garantir um café de origem sustentável e instigar competidores a desenvolverem copos descartáveis de café que sejam menos prejudiciais ao meio ambiente.

Fonte: CNN – Business