Amazonas e GFI se juntam para atrair investimento no setor de proteínas alternativas

O The Good Food Institute se uniu à SEDECTI (Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação) do Estado do Amazonas para que possam desenvolver projetos de inovação no setor de proteínas alternativas do estado.

Segundo informações do GFI, um termo de cooperação técnica foi firmado, onde consta um "plano de trabalho para dar suporte e articular a criação de um ecossistema que atraia investimentos e fomente a inovação"no setor.

O projeto é importante pois traz incentivo à pesquisa e ao desenvolvimento de novos negócios na área de alimentos no estado, através da bioeconomia, ou seja, um desenvolvimento econômico sustentável e preocupado com o social, e através do desenvolvimento de alternativas de ponta.

Ainda segundo informe do GFI, a parceria deve gerar redes de cooperação e fortalecimento da política industrial do estado, pois irá atrair indústrias de insumos especializadas em proteínas alternativas.

Como já vimos aqui no site, as proteínas alternativas e o desenvolvimento sustentável estão entre as novas demandas dos consumidores. Tudo isso combinado a inovações e diversidade. As proteínas alternativas têm aumentado seu nicho exponencialmente - substitutos de proteína animal que vão desde alimentos plant-based, algas ou fungos até proteína feita a partir de células.

Para fortalecer a pesquisa e desenvolvimento do estado e atingir os mercados internacionais, a parceria das instituições visará a criação de novos produtos. A biodiversidade brasileira poderá agir como grande diferencial nessa empreitada.

De acordo com o diretor executivo do The Good Food Institute, Gustavo Guadagnini, "temos uma infinidade de novos ingredientes e novos sabores que ainda podem ser desenvolvidos a partir de nossas riquezas naturais para suprir o mundo todo com soluções inovadoras para o mercado de alimentos".

“Empresas de alimentos de diversos tamanhos vêm lançando seus produtos em parceria com grandes empresas de ingredientes. Podemos desenvolver novos ingredientes que incorporem ‘brasilidade’ aos produtos desenvolvidos aqui e no exterior. Desenhando as cadeias de plantio e extração com foco no desenvolvimento econômico local podemos trazer novas perspectivas de trabalho e renda para as populações envolvidas”, afirma o diretor de políticas públicas do GFI Brasil, Alexandre Cabral.

Vale ressaltar também que este investimento pode contribuir para a conservação do bioma amazônico, com as proteínas alternativas gerando uma redução drástica na caça de animais ameaçados de extinção, o fim da agressão ao meio ambiente e a preservação de espécies.


Fonte: The Good Food Institute



Política de Troca, Entrega e Reembolso

Nossos Produtos são digitais e entregues de acordo com cada um dos planos.

Entrega: toda quarta newsletter free e toda segunda Mapa Startups

 

O reembolso do pagamento é feito apenas no prazo de teste grátis

 

Mais informações no e-mail de contato.
 

DADOS E CONTATO

Tel: (11) 99232-6210

Email:  info@foodventures.com.br

Food Ventures Consultoria em Inovações Ltda

CNPJ: 28.768.322/0001-02

Campinas , SP - Brasil

SIGA-NOS

  • LinkedIn ícone social
  • Instagram
  • Facebook
  • Pinterest

© 2020 por FoodVentures