Innomy: o segredo está nos cogumelos

A startup argentina de biotecnologia Innomy aposta na ideia disruptiva de cultivar alimentos fermentados a base de cogumelos e fungos como forma de imitar a textura da carne animal. Eles sabem que o futuro é plant based, e combinar o conhecimento ancestral deste reino milenar que atravessa o vegetal e o animal e as técnicas de fermentação para realizar culturas controladas em laboratório os aproxima ainda mais desse futuro.

Esse cultivo em laboratório permite testar alimentos a base de fungos que fiquem idênticos à textura e ao sabor da carne animal. Bifes, hambúrgueres, salsichas e pedaços inteiros de carne são fabricados.

A empresa é formada por Juan Pablo de Giacomi, CEO, cofundador e responsável pela estratégia comercial, Pablo Sánchez Rey, COO, cofundador e responsável pelo desenvolvimento e dimensionamento do produto, e Francisco Kuhar, parceiro de tecnologia e CSO.

Trabalhar com fungos sempre foi algo que os chamou a atenção, pois, além de ser um reino vegetal ancestral e misterioso, têm textura e sabor ideais, combinados a propriedades mais saudáveis, caráter sustentável, baixo custo e "pegada emocional e culinária em muitas culturas gastronômicas, como a espanhola".

Entre outras vantagens nutricionais, os cogumelos também são isentos de colesterol, possuem muitas vitaminas e antioxidantes e, no caso do fungo cultivado pela Innomy, o alimento não precisa passar por nenhum tipo de processamento, trituração ou adição de materiais como goma arábica, amidos, celulose, etc.

A empresa foi recentemente selecionada para o programa de aceleração Spain Foodtech Startup’s Program, da Eatable Adventures, e seus produtos chegarão aos mercados através da marca Funka no primeiro semestre de 2022.



Fonte: Business Insider Espanha