McLanche do grupo BTS causa aglomeração na Indonésia

O que acontece quando combinados a maior boyband do momento com a rede de lanches mais popular do mundo? Ao que parece: completo caos. Ou, pelo menos, essa foi a experiência de algumas filiais do McDonald's na Indonésia.

O sucesso dos lanches que homenageiam a banda pop, BTS Meal, fizeram tanto sucesso que algumas filiais tiveram que fechar de tanto que estavam atoladas de pedidos. Tantas pessoas pediram o lanche inspirado na boyband sul coreana que houve um medo de que isso pudesse causar um novo ponto de infecção da Covid-19 - como podemos ver nas fotos divulgadas.

"Nós fechamos temporariamente seis lanchonetes do McDonald's em Semarang", disse Fajar Purwoto, chefe da agência de ordem pública da cidade. "Eu não quero que Semarang entre na zona vermelha da Covid-19 novamente".

Para os que não conhecem a banda, tudo isso pode parecer exagerado se pensarmos que a refeição consiste em 10 nuggets de frango, chips, coca-cola e dois molhos (chili e Cajun). Mas para quem tem um pouco de conhecimento sobre o fenômeno do K-pop que é o BTS, dá para entender.


O último sucesso do banda quebrou recordes mundiais. Seus fãs - e existem milhões ao redor do mundo - são extremamente leais e protetores. Usar sua marca de maneira errada pode gerar problemas, mas quando os fãs aprovam as parcerias, como aconteceu com o McDonald's, o resultado é um sucesso massivo.

O lanche foi lançado em 49 países, e segundo o site Business Insider, as visitas às filiais dos EUA aumentou 12% na primeira semana de lançamento. Então não é nenhuma surpresa que que o lançamento do lanche na Indonésia foi um sucesso imediato.

Mas por causa da Covid-19, as pessoas não foram às lanchonetes elas mesmas. Em vez disso, elas utilizaram serviços de delivery, enviando os entregadores para se aglomerarem em seus lugares. Fotos mostram eles se amontoando em balcões das lanchonetes, com alguns entregadores da capital Jakarta dizendo que esperaram mais de duas horas para pegar as entregas.

O McDonald's teve que intervir e lembrar aos consumidores que o produto ainda estará disponível até mês que vem e que não é preciso se afobar agora. Eles afirmam que a segurança dos consumidores é a prioridade maior.

Os casos de Covid na Indonésia estão aumentando atualmente, com 7.725 infecções reportadas em junho - o maior número desde 26 de fevereiro.


Fonte: BBC News