O homem que quer construir um McDonald’s plant-based do futuro

Menos carne e mais opções e substitutos vegetais (ou plant-based): sabemos que esse é o futuro. Ano passo o setor plant-based global foi avaliado em 20,7 bilhões de dólares e um estudo recente prevê que esse valor passará os 75 bilhões até 2027.

O dono de restaurante e guru do bem estar Steele Smiley vem enxergando esse cenário e está planejando de acordo. Famoso pela cadeia de restaurantes conceituais Crisp & Green, agora o empresário quer repetir o sucesso com uma franquia plant-based, o Stalk & Spade - um restaurante totalmente sem carne.

A comparação com o McDonald's se dá pelo fato de Steele ter planejado um estabelecimento onde hambúrgueres, milkshakes e todo o resto do menu são feitos a partir de plantas, terá drive through e o preço será acessível - tal qual a franquia de lanchonetes do palhaço.

O preço acessível é importante para desmitificar o associação que todos fazem sobre alimentos plant-based serem mais caros. O Stalk & Spade pretende alavancar as recentes vantagens em preço que têm alavancado inovação no setor.

A escolha do negócio vem baseada em muitas circunstâncias "auspiciosas": uma maior procura por um estilo de vida saudável, preocupações com as mudanças climáticas e um alcance da visão de que nossas escolhas alimentícias influenciam diretamente o meio ambiente.

O menu personalizado selecionado por Smiley inclui muitos ingredientes saborosos e promete gerar com satisfação com apenas 10 dólares. "Estamos animados em trazer o Stalk & Spade para Minnesota, nossa intenção é construir um conceito nutritivo focado no bem estar. Primeiro em Minnesota e depois nacionalmente."

Se essa moda pega será muito benéfico aos consumidores, quem ainda têm um pé atrás sobre consumir alternativas à carne em lugares onde a carne é servida aos montes - como Burger King e o próprio McDonald's, por exemplo.


Fonte: Forbes