Reaproveitamento de alimentos e inovação - Economia Circular

Dando continuidade à parceria Food Ventures e GEPEA, neste mês de junho vamos abordar o tema: Reaproveitamento de alimentos e inovação. No texto desta semana falaremos sobre a economia circular.

Em suma, a parceria entre o GEPEA e a Food Ventures visa criar um conteúdo rico. O intuito é trazer a visão de negócios da Food Ventures em conjunto com a visão acadêmica da Empresa Júnior.

Aproveite a leitura!


Economia circular


Quando o assunto é reaproveitamento de alimentos e inovação, nos deparamos com conceitos que tocam também no ponto da demanda global por recursos como biomassa, matéria prima, energia fóssil e metais. Atualmente, esse consumo excessivo dos recursos planetários está inserido, em sua maioria, na economia linear.

A economia linear é baseada na extração crescente de recursos naturais para produção de produtos diversos e, posteriormente, esses produtos são descartados como resíduos. Nessa forma de economia, a maximização do valor dos produtos se dá pela maior quantidade de extração e produção, já que a prática consiste em extração, transformação e descarte.

Ao consumir dessa forma, a sociedade gera uma demanda produtiva insustentável. Nesse contexto, a economia circular está ganhando visibilidade mundial como uma alternativa real para substituir a economia linear. O conceito de economia circular visa aumentar o ciclo de vida dos produtos, uma vez que permitiu a ascensão de uma nova relação entre marcas, produtos e consumidores.

Com a economia circular, tem-se como objetivo um foco maior na reutilização de produtos e subprodutos, fazendo com que a mercadoria ganhe um valor novo ao final de seu ciclo, tendo como consequência a redução do consumo e do desperdício.


Confira também: Agricultura sustentável: Preservação, Produtividade E Qualidade.


Desafios utuais desse conceito


Muito já ouviu-se falar sobre a economia circular então comentada, mas na prática, infelizmente, ainda é muito difícil observar esse conceito ser aplicado com frequência e constância. Os desafios para a propagação desse movimento são vários.

Para a indústria, percebe-se que um grande desafio é o desenvolvimento de novos modelos de negócio que agreguem valor ao produto. A economia circular com valor agregado só é possível quando busca-se novos modelos que facilitem a transformação de produtos e serviços em matéria-prima para outros produtos em um ciclo contínuo.

Além disso, destaca-se que a cultura de cada localidade é um fator muito determinante na efetividade da economia circular. Os próprios consumidores, acostumados ao modelo de usar e descartar, também devem introduzir em sua realidade uma forma de agir que inclua o reciclar e reutilizar produtos, pagar pelo uso em vez da propriedade, conceber que os produtos remanufaturados têm a mesma qualidade que os produtos novos etc.


Empresas atuando em prol da economia circular


Tendo em vista o crescimento da temática da economia circular, várias são as empresas que estão se movendo para contribuir com o desenvolvimento mais sustentável do meio ambiente.

A Apple, uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, tem como uma de suas propostas a aceitação dos produtos próprios para reciclagem gratuita. O programa Apple Renew oferece, em troca de dar o aparelho antigo, descontos na compra de um novo. Eles também trabalham em conjunto com a fundação Ellen MacArthur.

A Coca Cola, por sua vez, em seu aniversário de 100 anos estabeleceu uma parceria com a empresa (Verallia), a qual consistia em derreter os vidros de suas garrafas, para que material resultante fosse usado para a criação de novas embalagens, demonstrando um reaproveitamento de 100%.

A startup Agro2Business é um marketplace do agronegócio parceira do GEPEA. Um dos seus objetivos é o fomento da comercialização dos resíduos das indústrias de alimentos. Oferecem, por meio de sua plataforma digital, uma melhor monetização para estes coprodutos. Dessa maneira, incentivando fontes alternativas de nutrientes para a cadeia produtiva de nutrição animal.

O Marketplace Agro2Business acredita que é possível evoluir no agronegócio de forma mais sustentável e gerar mais valor econômico em toda a cadeia de insumos, reaproveitando os resíduos agro de forma inteligente, e assim, fortalecendo a economia circular.


Se interessa pelo tema da sustentabilidade? Leia também: Sustentabilidade E Alimentos: Como Os Dois Se Relacionam.


Desenvolve algum produto ou conhece alguma empresa que trabalhe com isso? Conte para nós! No texto da semana que vem nos aprofundaremos mais nos assuntos e traremos mais exemplos de sucesso para vocês.


Acesse nossas redes sociais para mais informações, textos e não perca o webinar no fim do mês sobre esse tema.

Entre em contato conosco para conversar, trocar experiências e saber mais sobre nossos serviços e como podemos o ajudar.